January 15, 2018

November 20, 2017

Please reload

Posts Recentes

Como evitar um emaranhado de cabos de rede ?

January 29, 2018

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Tecnicas de lançamento de cabo óticos : Soluções de fibra soprada e microdutos

January 15, 2018

O lançamento de fibra ótica por método de sopramento vêem crescimento e aceitação !

 

As fibras ópticas são mecanicamente muito diferentes dos cabos de aço e cobre, e as técnicas para instalá-las são, portanto, significativamente diferentes. As fibras não são apenas extremamente frágeis, mas também elásticas até certo ponto. As fibras também devem ser protegidas contra forças de tração (axial), forças de compressão e flexão.

 

As características de transmissão de longo prazo da fibra óptica dependem dos procedimentos de instalação utilizados. A colocação de fibras é uma disciplina especializada que deve ser realizada por pessoal treinado e experiente.

 

 

Dutos e valetas

 

O método tradicional de colocar fibras ópticas ainda utilizadas na maioria dos países em desenvolvimento é dutagem e valetas. Isso envolve a criação de uma valeta através da escavação de solo manual ou mecanizada. Essa abordagem é preferida em países onde o trabalho manual é barato.

 

O processo de valetamento precisa de um controle cuidadoso para garantir que o piso da valeta não tenha nenhuma torção , que o piso seja uniforme e as valetas não tenham grandes curvas.

Os dutos são colocados nas valetas e a fibra é então puxada mecanicamente ou soprada através dos dutos por sopradores de fibra ótica especializados, usando água ou ar. No sopro de fibra a ar, os sopradores usam ar comprimido para empurrar a fibra através de dutos.

 

Os dutos são fabricados a partir de polietileno de alta densidade (PEAD) , que  pode suportar temperaturas de até 120 ° C e tem excelente resistência a álcoois, ácidos concentrados e bases. 

 

 

 

 

Mini valas

 

O equipamento mecanizado ( valetadeira ou mini valetadeira ) é usado para criar pequenos valetas ( mini valas ou micro valas ) em diferentes superfícies. Esta técnica pode ser usada em rotas que contenham superfícies de asfalto, como calçadas e estradas. No entanto, a técnica não é adequada para solo com pedregulhos ou cascalho ou solo arenoso. Esta técnica tem uma vantagem em relação aos métodos convencionais de colocação de cabos na medida em que é muito mais rápido para executar. A seção transversal e a profundidade da mini vala  dependerão do número de dutos a serem colocados. Enquanto a seção transversal varia entre 7 e 15 cm, a profundidade é tipicamente entre 30 e 40 cm.

 

 

 

 

Micro valas e  microdutos

 

Já no método de micro valas , não se cria uma trincheira profunda no asfalto, assim como a trincheira convencional, mas se cria uma trincheira rasa, geralmente com 2 cm de largura e 30 cm de profundidade. Micro tubos especiais são então colocados nos sulcos e são preenchidos, tipicamente com um asfalto frio. As fibras são então sopradas nos tubos. É um processo muito rápido e limpo de instalação de cabos óticos.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square